sábado, 31 de maio de 2014

Resenha: Livro - Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo

Olá pessoal, tudo bem?

Este ano de 2014 como já venho falando em vários posts tenho diversas metas e uma delas é ler livros, de vários gêneros, autores, temáticas e por aí vai, para iniciar então esse momento literário vou começar com uma resenha do livro Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo.



Autor: Leandro Narloch que foi reporter da revista Veja e editor da Superinteressante;
Editora: Leya
Ilustrações: Gilmar Fraga

Bom começando esta resenha de cara o que me chamou atenção foi a capa do livro onde possui uma bela ilustração de grandes nomes da História bem realistas com uma riqueza de detalhes muito expressiva.




O livro como a grande maioria está divido por capítulos e ao final de cada um com a bibliografia correspondente.

O autor começa abordando sobre  temas como o antigo Império Romano e a polêmica de que Nero o mais novo imperador de todos os tempos havia posto fogo em Roma se deleitando com o acontecimento tocando lira. Porém de acordo com vários estudiosos não foi muito bem isso que aconteceu, levaram em consideração o tipo de urbanização, arquitetura e hábitos para constar que poderia muito bem acontecido um acidente na cidade como ocorrera em muitas outras após o grande incêndio. Um fato que por milhares de anos foram contados e ouvimos até hoje nas escolas.
Fica bem evidente as controversas da história mundial, fatos históricos que para nós mortais aprendemos nas escolas como o "certo" e "indiscutível" pelo fato de que não estávamos presentes neles ou pelo menos na maioria deles, ou até mesmo porque não é hábito das pessoas pesquisarem esses tipos de assuntos a não ser que sejam historiados, pesquisadores, apaixonados por História etc.
No decorrer dos capítulos pude notar também um certo tom de ironia do autor que acaba sendo em alguns momentos cômicos, até mesmo para a leitura não ficar arrastada, o que na minha concepção foi muito acertivo pois é muito mais interessante de ser ler assim se tratando de fatos históricos.






Outra característica visualmente muito legal neste livro é as ilustrações entre um capítulo e outro, onde fica em evidência o assunto principal.
É um livro de fácil leitura, apesar de se tratar de fatos históricos que conta ainda com notas nas laterais do livro com explicações mais detalhadas de informações relevantes para compreensão do tema abordado.
É um ótimo livro para quem se interessa por história com uma pitada de elementos que deixam a leitura mais atraente e mais divertida mesmo tendo assuntos polêmicos como incesto, discussões filosóficas, revoluções, crenças religiosas entre outras.



Bom gente, espero que tenham gostado, é uma grande dica para todos que querem saber um pouco mais sobre a história do Mundo por uma visão mais despojada, mas não menos acertiva. Boa leitura.


Image and video hosting by TinyPic Por: Flavia Oliveira

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Coleção de LP's

Olá pessoal, depois de alguns meses sem postar por um motivo nobre (estudar, e muito, rs) estou de volta e hoje com um post bem legal para os amantes de música assim como eu, e de LP's, vinil enfim de música boa.
Não é mistério nenhum que amo as músicas dos Anos 80, e realmente para mim não tinha como ter nome diferente de "Anos Dourados" porque músicas dessa época são preciosidades, raras, ótimas, com uma riqueza sonora que os sons de hoje não fazem jus ao mercado musical, esta é só a minha opinião.
Bom o primeiro disco que eu quero compartilhar é da banda Information Society, banda que pra mim hoje é a número um no meu mp3, celular, notebook etc. rs, InSoc como é também conhecido pelos seus fãs, é um grupo de Synthepop, eletronic, pop que se iniciou nos anos 80 por volta de 82, pelos amigos Kurt Harland, Paul Robb e James Cassidy na High School de Minneapolis, ambos já tinham contato com a música desde crianças, após amadurecerem a ideia, o grupo experimental começou a fazer muito sucesso pelo som peculiar que reproduziam com uma mistura de sintetizados, teclados, pegada rock e um elemento de star trek e assim invadiram o mundo onde até muitos fãs escutam suas músicas afim de remeterem aos anos 80.

E esse aqui é disco, hoje é raridade encontrar para venda, e pode-se dizer que está conservado,rs.

Frente:


Verso:



Encarte:





E o próximo e do grupo Kraftwerk com seu disco sensacional Trans Europe Express, o grupo alemão fundado por Ralf Hutter e Florian Schnider em meados dos anos 70 onde são considerados pioneiros na utilização de sintetizadores e outros aparelhos eletrônicos. O disco que eu tenho foi lançado pelo banda em 1977 e recebeu muitas críticas positivas, e particularmente eu adoro esse disco, minhas faixas favoritas são Showroom Dummies, Trans Europe Express, The Hall of Mirrors.

Frente:


Verso:


Encarte:




Pink Floyd - The Wall

Saindo um pouquinho do eletrônico vamos agora para um disco que hoje em dia é raridade, e com certeza qualquer pessoa já deve ter escutado alguma música do Pink Floyd, The Wall e quem não conhece Another Brick in the wall.
The Wall é o décimo primeiro álbum de estúdio da banda inglesa de rock progressivo Pink Floyd.The Wall é um álbum conceitual, tratando de temas como abandono e isolamento pessoal.The Wall é uma ópera rock que explora o abandono e o isolamento, simbolizada por uma parede metafórica.18 As músicas criam uma história na vida do protagonista, Pink, um personagem baseado em Waters, cujo pai foi morto durante a Segunda Guerra Mundial.

Frente:


Verso:


Parte interna:




Ilustração de Another Brick in the wall.




Bom gente, esses aqui são os discos que pra mim são os mais importantes da coleção, claro existem outros que farei post futuramente. Espero que vocês tenham gostado! Até o próximo post.

Um Beijo.



 Image and video hosting by TinyPic Por: Flavia Oliveira